The Big Bang Theory

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013


Situações incomuns e diálogos improváveis fazem parte da série norte-americana de maior sucesso do momento. Em sua 6ª temporada, “The Big Bang Theory” vem batendo seus próprios recordes e ganhando fôlego a cada episódio.
 
A comédia criada por Chuck Lorre e Bill Prady lançada em 2007, conta a história dos físicos Sheldon (Jim Parsons) e Leonard (Johnny Galecki) que dividem o mesmo apartamento. A moradia dos dois amigos é um dos cenários das situações cômicas que eles vivem com seus outros colegas Raj (Kunal Nayyar) e Howard (Simon Helberg). Integra ainda o elenco, a vizinha Penny (Kaley Cuoco), a “namorada” de Sheldon, Amy (Mayim Bialik), e a esposa de Howard, Bernadette (Melissa Rauch). 

O sucesso do The Big Bang Theory pode ser medido pelos altos índices de audiência. O 13º episódio “The Bakersfield Expedition”, onde os amigos físicos vestem os uniformes doStar Trek: A Nova Geração”, chegou à marca de 19,8 milhões de telespectadores, tornando-a uma das mais vistas, desde os tempos de Friends. 

O roteiro criativo é um dos responsáveis pelo sucesso que coloca a comédia entre as melhores do gênero dos últimos anos. “O roteiro fervilha de piadas frescas e tiradas inteligentes, o que, em comédias no estilo sitcom (gravadas com audiência), é difícil de acontecer”, analisa a jornalista e fã, Raquel Reckziegel. 

O êxito se deve também em grande parte ao personagem Sheldon que surpreende a cada episódio. Dono de um QI (quociente de inteligência) invejável e de manias peculiares, é o grande protagonista desta história. “Sheldon é paranoico e maluco, e isso deixa a série muito mais engraçada”, opina o fã Andrei Santos.

Todos os outros personagens apresentam características que os tornam engraçados cada um a seu modo. Raj, por exemplo, só fala com mulheres se tiver ingerido álcool. Para a jornalista Raquel, o grupo de atores foi um grande acerto, em especial o ator Jim Parsons. “Para mim, um bom elenco pode ser identificado quando simplesmente não imaginamos mais ninguém interpretando aqueles papéis, o que acontecia, por exemplo, em Friends e, ao meu ver, se repete em The Big Bang Theory”.


O reconhecimento de The Big Bang Theory pela crítica e pelo público é visível pela presença contínua em indicações em grandes premiações. “No geral, o conjunto de atores e a maneira como interpretam seus personagens, associada ao roteiro e direção, são as principais características. Para uma série ser boa, deve ter todas as suas características bem costuradas, assim como o tempo adequado para diálogos e expressões. The Big Bang Theory sabe muito bem como fazer isso”, conclui Raquel. No Brasil, a transmissão é feita pelo canal Warner Chanel.

0 comentários:

Postar um comentário

<
 

Copyright © 2011 Refúgio da Foca | Design by BTemplateBox.com™